sábado, 29 de março de 2008

Somos todos raios luminosos!

vir.tu.al adj m + f (lat virtuale)
1 Que não existe como realidade, mas sim como potência ou faculdade. 2 Que equivale a outro, podendo fazer as vezes deste, em virtude ou atividade. 3 Que é suscetível de exercer-se embora não esteja em exercício; potencial. 4 Que não tem efeito atual. 5 Possível. 6 Diz-se do foco de um espelho ou lente, determinado pelo encontro dos prolongamentos dos raios luminosos.

Mariana. Luis Ernesto. Helena de Tróia. Graziela. Daniella. Edu!
Vocês realmente têm sido esses "raios luminosos".
Que não tem efeito atual?!? Mentira... efeito imediato. Efeito de companhia imensamente reconfortadora em dias secos no meio do cerrado. E olha que tem chovido todo santo e longo dia.
Introspecção e vontade de conhecer novas pessoas, ou seja, continuo vivendo na eterna contradição interior... e na maioria das vezes me faltam estratagemas que me façam sair de casa e começar a ladainha de sempre... tenho tido muita "preguiça de pessoas" ultimamente... isso me preocupa.
Tenho preguiça de me divertir em um lugar que não me agrada porque não combina comigo, tenho preguiça de dizer coisas que eu não estou afim de dizer, preguiça de ser simpática com pessoas com papo tão profundo quanto um pires... eu me recuso a acreditar que não vou encontrar meus pares, meu grupo, meu mundinho de novo.
Daí a importância dessas figuras aí... amigos que do outro lado do cabo de rede me inspiram, me alimentam, não julgam minha rabujice e ainda me amam!
Aliás, rabujice que nada... é o meu jeitão. E tem muita gente que gosta!
Um viva enormemente enorme aos amigos-virtuais que existem sim! E são o estratagema da semana!

2 comentários:

Lola disse...

Abaixo o pires!!!

Três vivas para os raios luminosos!!!

Salvem os cabos de rede!!!

Guria, eu suspeito de uma coisa: se não fosse esse mundinho virtual, já estariamos internadas em algum hospício, sendo fotografadas por Malu Ornelas. Glamour decadente. Uhuw. Pra quem não tem Hollywood e Rehab, esse é o caminho.

Beijos

transeunte disse...

ei, muito obrigado pela menção honrosa, hahahahahaha.
saiba q sua companhia me reconforta aqui nesse rincão subentediante, hauuauahauh