sexta-feira, 17 de abril de 2009

saudades do cerrado

uma loira, gaúcha, com o coração do tamanho do mundo, muita disponibilidade em fazer amigos, sempre pronta pra te estender a mão seja de dia ou de noite. companheira de horas difíceis mas que as vezes dá vontade de pôr no colo e dar umas boas palmadas e colocar de castigo. amo a barbarita.

outra lôra na minha vida de DF. fala pra caralho, fala mais que a boca e está tão disposta a ser tua amiga qto a primeira lôra. gostei desde o início, minha primeira amiga no cerrado. tem um nome tão diferente e especial quanto ela. amo a kalinka.

conheci dia desses. mas nem importa o tempo, importa só o quanto o cara é especial, tem história pra gente viver junto ainda, histórias de cinema! ralando um monte e descobrindo coisas. amo o thiago.

um dia eu achei que iria apanhar de alguém na rua de tão braba que ela estava. ledo engano, até parece que eu já não sabia que cão que late não morde... ela na verdade é um docinho escondido naquela casca de que não tá nem aí pra vc. participou de quase tudo da minha vida aqui. amooo a nat-nat.

ela acha que conhece a cidade inteira, quer confraternizar com o mundo inteiro porque tudo é uma grande festa. d, fotografa, pinta, borda, te dá bolsa e logomarca de presente. amo a polli.

a gente se viu poucas vezes nessa vida de cerrado. a primeira vez foi num show do bossacuca, e ele estava lá registrando meu encontro com o saxofonista mais maravilhoso do planeta terra. parece um irmão mais novo, é um gato, um gostoso, uma delícia de pessoa. amo o arthur.

ainda tem outras pessoas tão especiai quanto essas... uma família-torta que me adotou bem no início da minha caminhada nessa terra perdida. com tia, tio, primos postiços e uma prima de verdade, que me deu de presente um dos momentos mais especiais da minha vida: sua barrigona mexeu pela primeira vez quando estávamos comendo pipoca e assistindo sessão da tarde. Amo cada um deles. todos. inclusive o primo-eterno-primo e o filhotinho, claro.

tiveram outras duas figuras mega importantes e essenciais pra essa caminhada no distrito federal, e no meio de todo o turbilhão elas voltaram pras suas terras amadas, assim como eu estou fazendo agora. juanita e daniela. apesar de cariocas elas são bem legais...

e foi assim, desse jeito meio torto que eu resolvi gritar pra vocês todos o tanto que estão guardados aqui dentro pra sempre. eu espero cada um de vocês lá em botucatu pra gente continuar dividindo momentos especiais como os que vivemos aqui, só que com a presença de muitos sacis, cachoeiras, bolo de fubá, cineclube, teatro e música de raiz.

Já tô com saudade.

10 comentários:

Feijao007 disse...

Valeu Pelo Primo-Eterno-Primo... Sou eu né????????? kkkkkkkkkkkkkk

Gostei de ter vc presente no momento mais importante da minha vida tbm... Valeu... Por nos acompanhar naquela caminhada!!!

Essa "RE" do comentário do dia 15.04 é a vocal do Bicho de pé não é? Fala pra ela que me amarrei no show aqui em BSB...

Beijos quando vc volta? Semestre que vem to em sampa hein... Quero vc lá... Pra assistir um jogão num estádio de verdade e não naquele clube disfarçado de estádio...

Beijos!!!!!!!!!!!

Elena sem H disse...

Tô matando as saudades. Espero que vc esteja bem.

Beijos

ANNA disse...

Que bacana isso! Deve ser sensacional ser sua amiga!! bjs

shiver disse...

eu exercito o desapego a despedidas, não conheço quase ninguém... além daqueles que tem dispositivo braços abertos e arte na certa.
tenho jeito pra unir personagens incríveis num só divertido conto.
eu vou pra botuca, porque isso deve ser um tanto único pra mexer tanto com quem passa e não vai embora.
amanhã tem abraço, isabonita.
p!

. Juliana . disse...

e lá se foram 2 anos desde esse chute na mnha barrigona... ai ai... nostalgia recente, maravilhosa!

isaBela araújo silvA disse...

primo, claro que tu é tu.
e vc será um homem morto se for á sp e não for conhecer botucatu.

helena! qto tempo! vc voltou de viagem? nunca mais escreveu nos teus blogs! eu estou bem e vc?

anna! nenhum deles leu o texto, acredita? hahahaha.

polli, ainda vamos viver muitas coisas juntas.

jujuba, dois anos que parecem ontem à noite... fala sério que passou tão rápido assim. e aquele sem vergonha me troca pelo patati-patatá! hahahaha.

Dedinhos Nervosos disse...

Ai, que homenagem liiiiindaaaaa!!! Ter amigos assim é sempre uma bênção. Agradeça sempre a Deus!
Beijos!

Kalinka disse...

Isa bela, bela Isa....

Em primeiro lugar devo dizer que se você não tivesse citado meu nome, não me reconheceria... kkkkkkkkkk
Falo demais? I-ma-gi-na!!!! hahahaha

Minha querida, como alguém pode não querer ser sua amiga? Fico muuuuuuuuuuuuuuito feliz por termos nos conhecido e nos tornado amigas.

Particularmente penso que vc veio até Bsb pura e simplesmente para conhecer essa lista que vc citou. ;)

Ah, e para me ensinar a mais recente expressão idiomática incorporada ao meu restrito vocabulário: rachar o bico. :D
Vai pro meu caderninho, certeza!!!

Amo muito!!!

Bjins

Ps.: não posso deixar de agradecer o bolo de sábado. Entre as centenas de amigos, vc escolheu a mim para oferecer a primeira fatia. Muito obrigada, de coração. hauhau

Elena sem H disse...

Isa, continuo aqui na casa de meus pais, fico pouco no micro... E vc, afinal, de onde para onde vai?

Beijos

Dani - a carioca disse...

você adora me ver colocando moxxxtarrrda com catchup na pizza!rsrs