segunda-feira, 9 de junho de 2008

sábado de festerê

eu sempre adorei festa junina.
o padre é comédia, a noiva é feia, o noivo desajeitado.
a galera dança um monte, cai de boca no quentão, no vinho quente e curte o friozinho de um jeito bem brasileiro.
mas o que existe de mais delicioso em uma festa junina?
a pamonha, o cural, o bolo de milho, o próprio milho... o pé de moleque.
eu fui numa festa junina sábado.
sabem o que eu comi?
uma tapioca e um crepe.
mas tinha churrasquinho e yakissoba tbm... eu que não quis.
e a banda tocava calipso.
chata eu né?

4 comentários:

Elena sem H disse...

Se gostar de cultura e tradições é ser chata, podemos começar a montar um grupo. Tem hora pra pra tudo, né? Não precisa de yakissoba em festa junina, precisa?

agente laranja disse...

ah, tem que considerar também a imigração japonesa no campo, poxa vida!

Diante do Universo disse...

Oi Isa!!
Vi seu comentário, legal!
Interessante o titulo do seu blog!

As coisas estão indo bem por aqui, com mais calma e paciência do que antes, talves eu tenha aprendido a aceitar: limitações....

Espero que esteja tudo bem por aí, qdo aparecer da um grito pra vc vir conhecer minha casinha e meu amor.

Bjos
Di

isaBela araújo silvA disse...

elena, somos foda mesmo! hahahaha.

agente, excelente observação! mudei de opinião na hora! ainda mais com os 100 anos dos japas por aqui.

diogo, visita mais, conta mais, vamos nos ver mais!