quinta-feira, 26 de março de 2009

volver

Retorno não.
Re-torno.
De tornar novamente.
De continuar na estrada já traçada depois de um período de renovação.
Começar de novo.
Não gosto de retorno, prefiro novo começo.
Eu sou outra. A cidade é outra.
Só os ipês e o sino da igreja que continuam lá implacáveis, prontos pra me receber de braços abertos. E eu volto correndo.
Botucatu aqui vou eu...

2 comentários:

Dedinhos Nervosos disse...

Nada melhor do que Tornar Novamente. A gente toma novo fôlego e esperança que tudo dê certo. Beijos e bom passeio! :o)

isaBela araújo silvA disse...

valeu dedinhos!
mas não é passeio não... tô indo pra ficar... rsrs.