segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

me diz...

o sistema. a culpa é do sistema.
tudo muito simples agora, é só culpar o sistema.
seja o sistema tecnológico quanto o capitalista, leninista, consumista, globalizado, ecológico e ecumênico.
e político. ah! o político...
tem horas que eu quero sair correndo, jogar tudo para o alto e avante e nem pensar no que vai ficar para trás... mas eu não posso. cresci.
existe alguma forma de revolucionar sem grandes estragos?
vc sabe como?
me conta?

4 comentários:

Thiago Castro disse...

já tem um tempo que tenho me abstido de reclamar do sistema, como se eu pudesse personalizá-lo. acho que a revolução silenciosa pode existir, sim, mas é difícil que não cause alguns estragos.

D.Ramírez disse...

ignorando e mandando a mer...o sistema...ja notou q todo sistema é burro?
Besos

Dedinhos Nervosos disse...

Ahhh, o sistema... ele tá presente em tudo e cada vez que vejo os absurdos que nele existe... mais gostaria de não precisar dele. Quero uma ilha deserta. rs
Bj.

shiver disse...

tão bom aquele filme "adeus lênin"
do cartaz ao argumento.
quem não entende o sistema prefere ignorar o comum e construir o próprio.